x

11 5180-0265


Imagem: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses / Crédito: Paulinho Neves e Carol Da Riva

A gestão e o futuro dos parques são a pauta do encontro realizado desde 2012. Membros da sociedade civil, do setor público e da iniciativa privada se reúnem para debater como garantir a conservação de nossos parques, bem como gerar desenvolvimento e oportunidades para o Brasil.

Confira o que aconteceu nas edições anteriores

Em sua quinta edição, especialistas de renome internacional compartilharam as melhores práticas e aprendizados gerados por experiências exitosas, locais e internacionais em um dia inteiro voltado à discussão de caminhos inovadores para a gestão e conservação dos parques brasileiros.

evento.semeia.org.br

O evento contou com a participação de palestrantes nacionais e internacionais que abordaram temas como o potencial de modelos de gestão em parceria para garantir a conservação dos parques e o desenvolvimento do seu entorno. Representantes da iniciativa privada, do poder público e da sociedade civil vão se reuniram para debater como nossos parques podem gerar, além de conservação, riqueza e oportunidades para o Brasil.

Em parceria inédita, o Semeia e o Arq. Futuro promoveram o evento Parques do Brasil: modelos de gestão, oportunidades para parques urbanos e unidades de conservação. Em sua primeira etapa, no dia 7 de outubro, Parques do Brasil reuniu no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, representantes da iniciativa privada, do poder público e da sociedade civil para discutir os desafios do setor, numa troca de experiências que também envolveu especialistas do exterior. E na segunda, o evento aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, nos dias 18 e 19 de novembro, no Espaço Tom Jobim, dentro do Jardim Botânico.

Com moderação de Maria Zulmira de Souza, Marcos Siqueira, Gerente do Programa de PPP do Governo de Minas Gerais, Roberto Trauczynski, Diretor-Administrativo e Conselheiro da Cataratas do Iguaçu S.A. e Oliver Hillel, Diretor de Programa do Secretariado da Convenção sobre a Diversidade Biológica, falaram sobre modelos inovadores para a gestão de parques no Brasil.

O encontro promoveu uma mesa redonda, formada por participantes externos e moderada por Gustavo Timo. Participaram do debate Celso Toledo, LCA e E2 Consultoria em Economia e Estratégia, Manoel Serrão, Unidade de Mecanismos Financeiros do Funbio e Jean-Claude Razel, da Associação Brasileira de Ecoturismo e Turismo de Aventura.

Vídeos

Vídeos

Vídeos

Vídeos

Galeria de fotos